O TEOREMA KATHERINE

 Já fazia um bom tempo que o livro  O Teorema Katherine estava parado na minha prateleira, perdi o interesse de ler as obras de John Greendepois da decepcionante leitura de Quem é você Alasca? Leitura vai, leitura vem acabei com meu estoque de livros não lidos em casa e só me restava ele, então de inicio a leitura dele foi meio forçada. Concluindo, sarcasticamente este livro foi tão bom que eu terminei de ler em menos de dois dias.

SINOPSE – O TEOREMA KATHERINE

Após seu mais recente e traumático pé na bunda – o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine – Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

Categoria: Jovem Adulto| Páginas: 304| Editora: IntrínsecaClassificação: 5/5 

O TEOREMA KATHERINE

O Teorema Katherine segue Colin Singleton, um prodígio com uma obsessão por anagramas. Colin tem um tipo muito específico quando se trata do sexo oposto: ele só namora meninas chamadas Katherine e até agora, ele foi dispensado por 19 delas. Nós seguimos Colin enquanto ele se aventura no desconhecido em uma viagem com seu melhor amigo, Hassan.
Não pude deixar de ver um significado mais profundo nesta história. Na superfície, é o conto de um prodígio em uma viagem, mas há muito mais do que isso. A obra carrega algumas mensagens muito importantes sobre tentar ver a lógica em tudo. Felizmente, Green é hábil o suficiente para tornar tudo verdadeiro. Ele entende adolescentes, especialmente aqueles que são nerd’s e socialmente estranhos. Isso dá ao livro um tom mais amigável.
No decorrer da história Colin tenta se tornar um gênio criando uma formula matemática, que supostamente pode prever em quanto tempo um relacionamento amoroso será rompido. Pessoalmente, achei a ideia de o amor poder ser grafado realmente interessante. Felizmente, você não precisa entender de matemática para apreciar o enredo. O teorema é apenas um veículo para nos mostrar como Colin é um prodígio, e para ajudá-lo a chegar à sua conclusão final de que “O futuro é imprevisível”.

O TEOREMA KATHERINE

Os personagens são fantásticos. Colin, nosso protagonista principal é peculiar e interessante. Seus fatos aleatórios e personalidade estranha dão ao livro sua singularidade e poder. Hassan, o melhor amigo de Colin, fornece a maior parte do ar cômico do livro, seu senso de humor é incomum e muitas vezes autodepreciativo, o que ajuda a destacar elementos do personagem de Colin que de outra forma não veríamos. Felizmente, o personagem de Hassan também é significativo, dando-lhe um papel maior do que o melhor amigo. Por fim, temos Lindsey Lee Wells, seu caráter é imprevisível e a maioria das revelações importantes e mensagens escondidas vêm dela. Lindsey é um personagem que também se desenvolve muito ao longo do romance.
Para concluir, O Teorema Katherine é uma viagem fantástica que eu recomendaria aos fãs de John Green e para quem gosta de livros divertidos, bem como qualquer pessoa que precisa de alguns conselhos de boa vida.

Image Map
compartilhe:
Matilda Natália
escrito por Matilda Natália
Meu nome é Natália, tenho vinte e poucos anos, apaixonada por livros, filmes, moda, series, animais e todas as coisas relacionadas Once Upon A Time.